Vídeos


Pré-Requisitos

Como toda a aplicação Web escrita em Java o JSenna necessita de uma mínima infra-estrutura instalada e configurada. Os passo seguintes mostram detalhadamente, através de vídeos, como instalar esta infra-estrutura.

A Máquina Virtual Java

O JSenna é uma ferramenta escrita em Java e portanto, para executa-lo, você vai precisar de uma JVM (Java Virtual Machine) instalada em seu computador. O JSenna exige uma JVM 1.5 ou superior. Você pode baixar a JVM diretamente no site da Sun (www.java.sun.com). Clique aqui para ver um vídeo da instalação da JVM.

O Navegador

O JSenna é uma ferramenta Open Source e portanto da preferência a produtos Open Source. Por isso o JSenna é primeiramente desenvolvido e testado no Mozilla e no Firefox. Numa segunda etapa a compatibilidade com o Microsoft Internet Explorer é implementada. Na prática isso significa que nem todas as funcionalidades estão disponíveis num primeiro momento para o IE. Para nosso exemplo estaremos usando o Navegador Firefox. Você pode baixar o Firefox diretamente no site da Mozilla (http://www.mozilla.org/). Clique aqui para ver um vídeo da instalação do Firefox.

O Servidor de Aplicações

O JSenna gera aplicações Web "Thin Client", sou seja, somente um navegador simples é necessário ao cliente pois a aplicação rodará remotamente dentro de um servidor de aplicações J2EE. Como JSenna necessita somente da API de Servlets iremos utilizar o Apache Tomcat como servidor de aplicações. Você pode baixar o Tomcat diretamente no site da Apache (www.apache.org). Clique aqui para ver um vídeo da instalação do Tomcat.

O Banco de Dados

Atualmente o JSenna suporta os Bancos de Dados MySQL e PostgreSQL. Mas se você utiliza outro banco de dados não desanime, para tornar o JSenna compatível com outro banco qualquer basta alterar os scripts de geração de código e esta tarefa pode ser feita em algumas horas. Você pode também aguardar pois logo a comunidade de software livre irá migrar o JSenna para outros Bancos de Dados. Em nosso exemplo iremos usar o MySQL. Você pode baixar o MySQL diretamente do seu site (www.mysql.org). Clique aqui para ver um vídeo da instalação do MySQL.

Configurações

Os passo seguintes mostram detalhadamente, através de vídeos, como configurar o Banco de dados e o Servidor.

O Banco de Dados

Uma base de Dados chamada "agenda" deve ser criada. Você pode fazer isso pela linha de comando (veja o help do MySQL) ou usando uma ferramenta gráfica. Você pode baixar uma ferramenta gráfica diretamente do site do MySQL (www.mysql.org). Clique aqui para ver um vídeo da instalação da Ferramenta Query Browser do MySQL.

O Servidor de Aplicações

Existem alguns recursos do Servidor de Aplicações, como por exemplo o pool de conexões do banco de dados, que devem estar configurados para que a aplicação possa funcionar corretamente. Você deve configurar o contexto da aplicação como "agenda" e o DataSource apontando para a base "agenda". Quando você executar os "Geradores" o JSenna no projeto exemplo todas estas configurações serão feitas automaticamente. Mas para que isto seja possível você deve também iniciar o Tomcat. Clique aqui para ver um vídeo detalhado.

Velozes e Furiosos, agora seu ambiente já está configurado e podemos executar o JSenna!

JSenna e o Projeto Exemplo

Utilizando o Firefox que você instalou, entre no site do JSenna (http://www.jsenna.org/) e clique no link "Iniciar o JSenna". Utilizando Java Web Start, o a última versão do JSenna será enviada e instalada automaticamente na sua máquina. Você ainda deve fazer o donwload do exemplo (procure pelo link "Exemplo de Uso do JSenna") e descompactá-lo no seu computador. Abra o projeto exemplo no JSenna clicando com o botão da direita do mouse sobre o ícone "Projects", selecionando o menu "load project..." e indicando no diálogo de seleção de arquivo a pasta onde você descompactou o projeto o projeto exemplo. Se você expandir o nó do projeto verá dois outros nós o "DataExplorer" e o nó "Generators". O nó "DataExplorer" é o dicionário de dados que descreve a aplicação. No nó "Generators" estão os geradores de código que interpretam o dicionário e geram todo o código da aplicação. Importante!!! Clique aqui para ver um vídeo detalhado da construção da construção da aplicação exemplo.



Pronto, agora você já conhece o JSenna. Convidamos você a participar deste projeto, temos uma ótima ferramenta, ótimas possibilidades e acreditamos que um grande número de desenvolvedores irão contribuir e se beneficiar do JSenna. Você pode ser um deles! Bem vindo ao JSenna!

Copyleft JSennaProject 2005